quarta-feira, 27 de agosto de 2014

"Índio Educa"


A vida do índio

O índio lutador,
Tem sempre uma história pra contar.
Coisas da sua vida,
Que ele não há de negar.
A vida é de sofrimento,
E eu preciso recuperar.

Eu luto por minha terra,
Por que ela me pertence.
Ela é minha mãe,
E faz feliz muita gente.
Ela tudo nós dar,
Se plantarmos a semente.

A minha luta é grande,
Não sei quando vai terminar.
Eu não desisto dos meus sonhos,
E sei quando vou encontrar.
A felicidade de um povo,
Que vive a sonhar.

Ser índio não é fácil,
Mas eles têm que entender.
Que somos índios guerreiros.
E lutamos pra vencer.
Temos que buscar a paz,
E ver nosso povo crescer.

Orgulho-me de ser índio,
E tenho cultura pra exibir.
Luto por meus ideais,
E nunca vou desistir.
Sou Pataxó Hãhãhãe,
E tenho muito que expandir.


Autor: Edmar Batista de Souza (Itohã Pataxó) 06/09/06

“Quem descobriu o Brasil?” A esta pergunta segue-se geralmente uma única resposta, tida como certeira: “Pedro Álvares Cabral”. Ora, ao atribuir ao navegador português a descoberta do país está-se a invisibilizar a versão dos mesmos acontecimentos de 5 milhões de pessoas que viviam no território agora chamado Brasil, antes da chegada dos europeus. A Organização Thydêwá tomou voz. Criou uma plataforma online onde diferentes povos índios desenvolvem materiais didáticos para contar as suas histórias, as de há séculos atrás e as de hoje: Índio Educa.

Através de Academia Cidadã
Enviar um comentário