terça-feira, 29 de setembro de 2015

"É radical, no verdadeiro sentido da palavra"



É radical, no verdadeiro sentido da palavra. A nossa escolha é radical . Dia 4. Manter PSD e CDS no poder ou votar para os derrubar . A segunda hipótese chama - se PS. Qualquer voto no BE ou no PCP é um voto na direita . É no que a direita aposta . Na dispersão da esquerda . Dia 4 é um dia radical . Ou PSD e CDS ou PS. Os homens e as mulheres de todas as esquerdas têm o nosso destino colectivo nas mãos . Não o dividam . Dividir não é, dia 4, nem patriótico , nem de esquerda .

Isabel Moreira


Esta opinião da deputada socialista Isabel Moreira é demonstrativa da cegueira a que pode chegar o desespero político. Para Isabel Moreira quem votar à esquerda do PS não é patriota nem é de esquerda. Significa isto que o PS, se não tiver maioria absoluta, não sabe o que vai fazer? Preocupante, pois pode querer dizer que não passa pela cabeça à direção do PS fazer alianças à esquerda.

Para mim o que é importante é derrotar a coligação de direita. Se a esquerda ganhar é necessário um consenso que viabilize um governo contra a austeridade.

Pela parte que me toca não gosto de maiorias absolutas: são perigosas, foram perigosas e continuarão a ser perigosas.

Isabel Moreira pode apelar ao voto no PS. É o seu partido. Não pode é atacar aqueles que durante 4 anos se bateram contra este governo e contra a austeridade.

Tenho pena. Pois Isabel Moreira tem tido o meu respeito em muitas situações. Gostava de não o perder.
Enviar um comentário