quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Nada será como dantes






Donald Trump ganhou as eleições os republicanos têm a maioria no Senado e na Câmara dos Representantes.

Os resultados são fruto daquilo que os americanos queriam: alguém que lhes falasse de esperança, que lhes falasse de criação de empregos, de segurança. Claro que Trump é xenófobo, racista, demagogo e populista. Provavelmente não vai fazer muito do que prometeu, mas Clinton é uma mulher do sistema, do sistema de que a maioria dos americanos está farto. O erro dos democratas foi Clinton. O único que poderia fazer frente a Trump era Bernie Sanders. Assim, o mundo vai mudar e não é para melhor.

Nada será como dantes.

Vale a pena ler os artigos de Kevin Baker e Paul Krugman no The New York Times.


Enviar um comentário