segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

"A morte do cinegrafista" - Alexandra Lucas Coelho


Um excelente texto de Alexandra Lucas Coelho no Público e no seu blogue:

1. A história de 2013–2014 no Brasil vai ter um antes e um depois da morte do cinegrafista. O cinegrafista (repórter de imagem) chamava-se Santiago Andrade e cobria uma manifestação para a TV Bandeirantes, quando foi atingido por um rojão (foguete de artifício). Câmaras captaram o rebentamento que afundou o crânio de Santiago. Isso aconteceu na quinta-feira, 6 de Fevereiro, ao fim da tarde, junto à Central do Brasil, onde milhares de cariocas se cruzam entre metro, comboio e ônibus. Santiago, 49 anos, casado, pai de quatro filhos, era um cinegrafista experiente, incuindo treino para situações de conflito. Passou quatro dias em coma e morreu na segunda-feira.

O texto completo aqui.
Enviar um comentário